27 de junho de 2016

Game of Thrones: Sexta Temporada

Nenhum comentário
No dia 26 de Junho, mais precisamente no Domingo Passado (caso você seja um leitor do futuro e esteja conferindo essa postagem em outra época), nós chegamos ao fim de mais uma temporada de uma das minhas séries preferidas, a tão comentada e discutida Game of Thrones.

No ano passado, no dia seguinte ao término da Quinta Temporada da série, eu apareci aqui no Hear the Bells com uma postagem especial. Nela eu comentei sobre os acontecimentos do último episódio da temporada e ainda me arrisquei a soltar alguns sentimentos, a comentar sobre o que esperava para a próxima temporada e ainda discutir um pouquinho das minhas teorias. Esse ano eu pretendo fazer algo parecido, mas como eu sou um ser humano que adora inventar, tentar evoluir e melhorar cada vez mais as minhas postagens, decidi que de agora em diante, além de comentar um pouco sobre o último episódio de temporada (que sempre dá o que falar), também vou falar do que achei da temporada de maneira geral. E é claro, trarei minhas previsões, meus sentimentos e toda a minha alegria, e ou, tristeza para vocês. Porque, meus caros leitores, é de Game of Thrones que estamos falando.

A Sexta Temporada de Game of Thrones, desde muito antes de sua estréia, me deixou ansiosa, instigada e com um pé atrás. Todo mundo sabia que essa seria a primeira temporada do seriado que não contaria com um livro lançado para servir de base, não contaria com um "roteiro" possível de ser adaptado. Dessa vez os responsáveis pela série se reuniram com George R. R. Martin para conversar sobre como tudo terminaria, assim, seguindo caminhos diferentes dos do livro ou não, o seriado chegaria ao mesmo final que iremos encontrar nos livros (a princípio, isso é que nos foi passado). Por não possuir um livro para servir de inspiração, essa pessoa, que senta do outro lado da tela e escreve esse texto, ficou ansiosíssima para descobrir o que nos seria apresentado e quais seriam os rumos dessa história. Mas também fiquei com medo de que o seriado perdesse as estribeiras e nos decepcionasse. É claro que a HBO não me decepcionou, é claro que eu fui muito mais do que surpreendida, é claro que essa pode ter sido uma das temporadas em que fiquei mais feliz, mas ainda assim, percebi alguns deslizes.

24 de junho de 2016

Quando a Vida Acontece e a Eficiência vai Embora

Nenhum comentário

Quem já é um velho e sábio Jedi dessa comunidade linda e maravilhosa que conhecemos por blogosfera, mas muito mais do que um Jedi sábio, quem já chegou ao nível do meu amado Yoda e acompanha as postagens aqui do Hear the Bells por uma parcela de tempo considerável (se você é leitor antigo do blog sinta-se abraçado) provavelmente vai se lembrar dos meus planos para o ano de 2016. No início do ano eu elaborei várias metas, planos e projetos que pretendia colocar em prática. Decidi seguir um sonho antigo, que me acompanhava desde a infância; planejei o meu primeiro projeto literário; decidi que iria pular de cabeça nos vídeos do canal do Youtube (por falar nisso, você já se inscreveu lá?); comecei a estudar para um concurso; decidi entrar para o mestrado; fiz o possível para deixar a minha querida amiga Joi, do blog Estante Diagonal, orgulhosa de me ter como colaboradora. Mas em meio a tantos planos e projetos eu me perdi.

20 de junho de 2016

Book Review: A Garota na Teia de Aranha

Nenhum comentário
Não vou mentir não, a resenha em vídeo de hoje foi uma enorme desculpa para que eu pudesse finalmente, depois de muito tempo, após muito enrolar e me atrasar um tiquinho, compartilhar com vocês as minhas opiniões sobre a primeira parte de uma das séries mais lindas, mais adoráveis, mais perfeitas e misteriosas, favoritas da vida, que eu já tive a chance de conhecer, a Trilogia Millennium. Sei que vocês já viram o vídeo tanto aqui no Hear the Bells quanto lá no canal do Youtube, mas não custa nada comentar novamente, não é mesmo ?!

Hoje, aproximadamente uma semana após ter compartilhado com vocês o resumão da primeira parte da Saga Millennium, eu volto, mas dessa vez com a resenha em vídeo da continuação dessa saga, escrita por um novo autor, com uma carinha toda nova e ainda por cima, explorando um dos mistérios mais interessantes da trilogia original. Hoje vamos de A Garota na Teia de Aranha !!!

A Garota na Teia de Aranha foi lançado aqui no Brasil pela Companhia das Letras, para comemorar esse lançamento lindo eles reformularam as capas de todos os livros. Por esse motivo o meu exemplar é diferente dos outros livros que mostrei no vídeo passado para vocês, mas isso não tira nem um pouco o brilho da saga. No meu coração ela se torna ainda mais especial, já que eu terei a trilogia original do jeitinho que foi lançada no começo, e os novos livros todos moderninhos, comemorando essa nova etapa da saga !!!

Mas acho que é melhor deixar vocês com a minha versão em vídeo, assim ela pode explicar tudo o que eu penso sobre esse novo livro. E não esqueçam de me contar o que acharão viu ??? Quero saber a opinião de vocês sobre essa continuação, sobre essa série linda, e sobre o vídeo também !!!

17 de junho de 2016

Arquitetando: Dezeen a Revista Eletrônica que Salvou Minha Inspiração

10 comentários

Já fazia muito, muito tempo que eu não trazia uma postagem do Arquitetando aqui para o Hear the Bells. Nossa última postagem foi no dia 22 de Novembro de 2015, e desde aquele dia eu acabei deixando essa coluna de lado, longe de minha mente, longe do meu coração, longe de minha frustração. Eu simplesmente precisava de um tempo, precisava de distância, precisava fazer as pazes com a Arquitetura, precisava deixar meus pensamentos se acalmarem para então retomar uma coluna que, mesmo não sendo uma das minhas preferidas (vamos combinar, todo blogueiro têm sua coluna preferida né ?!) ainda é uma coluna que possuí um espacinho especial em meu coração.

Pensando, repensando e colocando a minha mente para funcionar, decidi que para retomar essa coluna a muito afastada, deveria trazer algo mais simples, algo mais leve, algo que possuísse significado e valor, e foi assim que eu decidi compartilhar com vocês a revista que salvou a minha inspiração durante todo o processo de criação, elaboração, escrita e apresentação do meu TCC. Se não fosse essa revista eu teria ficado louca, teria muito mais bloqueios do que tive, teria pensado que não havia qualquer esperança para mim.

A Dezeen é uma revista eletrônica focada em design e arquitetura, que apresenta todo o tipo de inovação, todo o tipo de projetos, todo o tipo de coisas maravilhosas que você possa imaginar !!! Foi lá que eu encontrei inspiração todas as vezes em que nada mais servia, foi ela que me salvou com algumas das ideias mais incríveis inspiradas em Alice no País das Maravilhas, foi ela quem me mostrou que o que eu buscava e planejava não era impossível e já foi ou ainda é o sonho de outras pessoas também !!!

Sei que essa foi uma postagem bem simples, com pouca informação, mas gostaria de retomar essa coluna aos poucos, sem pressão, sem neuras. E foi exatamente por esse motivo que achei que a Dezeen caiu como a melhor escolha. Espero que deem uma passeada pelo site deles, que se deixem inspirar e impressionar pelas maravilhas que lá existem, e não esqueçam de me contar o que acharam depois de suas aventuras !!!

13 de junho de 2016

Andando por Aí: Welcome to the Magic Animal Kingdom !!!

18 comentários
Já faz um tempinho que eu compartilhei com vocês o primeiro vídeo de minha viagem para Orlando. Quem já é inscrito lá no canal do Youtube provavelmente sabe do que eu vou falar hoje, mas como o Hear the Bells sempre estará ligado ao canal, e o canal sempre estará ligado ao Hear the Bells, não custa nada comentar um pouquinho mais sobre o assunto aqui também. Por esse motivo, e porque eu adoro compartilhar os meus vídeos com vocês, e porque ... bem, porque o blog é meu mesmo, rsrsrs, hoje venho compartilhar com vocês não apenas um, mas dois vídeos especiais, relacionados dessa vez ao maravilhoso mundo da Disney !!!

Meu segundo dia de parque foi no fabuloso, mágico, fantástico e lindão Magic Kingdom. Esse parque está totalmente voltado para a magia da Disney. Lá os personagens clássicos ganham vida, as aventuras fantásticas se materializam na frente de seus olhos, tudo aquilo que você um dia admirou nos diversos filmes da Disney ganha uma aura totalmente nova capaz de te transportar para qualquer mundo que imaginar !!! Se esse foi um dos parques que eu mais gostei ??? Com toda a certeza foi !!!

No terceiro dia de parque, e consequentemente o nosso terceiro vídeo relacionado a viagem, eu fui para o verdejante, adorável, charmoso e acolhedor Animal Kingdom. Esse parque é totalmente diferente de todos os outros parque da Disney (e da Universal também), ele está recheado de todos aqueles filmes que você já assistiu e que de alguma forma estava relacionado ao mundo animal, a natureza selvagem. Aqui a natureza toma conta e te ensina como é possível se divertir, aprender, viver em harmonia com tudo o que temos a nossa volta. Não voltaria para esse parque por motivos que vão muito além de palavras, mas com toda a certeza é um lugar belo que ficará para sempre guardado em meu coração !!!

Agora deixo vocês com mais dois vídeos dessa minha viagem dos sonhos. Espero que gostem do resultado final de cada um deles, tentei (e ainda estou tentando) criar um conteúdo todo diferentão e bonitão para esses vídeos, por isso ficarei muito feliz de conhecer a opinião de vocês !!!